Transporte de Cargas: como funciona cada modal?

Por MXLOG

transporte de carga: como funciona cada modal?

Existem muitas formas de realizar os transportes de cargas, e cada modal disponível têm características diferentes, como preço, custo, prazo, tipo de carga, etc. Conhecer os principais modais utilizados no transportes de cargas auxilia na decisão na hora de escolher a forma que o seu produto será entregue. Confira neste artigo quais são as principais formas de transporte de produtos e os motivos para utilizar cada um deles. 

1. Modal rodoviário

O transporte rodoviário é utilizado pela maioria das empresas e dos operadores logísticos, ou seja, grande parcela das mercadorias trafega em caminhões, veículos utilitários e por uma quantidade enorme de motofretistas.

Essa variedade de tipos de veículos possibilita que as mercadorias cheguem em seus destinos, principalmente em regiões cuja acessibilidade é feita exclusivamente por rodovias.

Os custos deste modal por muitas vezes e dependendo da característica da mercadoria, fica muito menor que os demais, porém o prazo, às vezes, não compensa.

2. Modal ferroviário

Este modal é específico para determinados tipos de mercadorias, também é preciso levar em conta características como localidade de origem e destino.

O transporte mais comum é o transporte de minério, que utiliza as ferrovias como meio de escoar a produção.

Produtos agrícolas, como a soja, grãos e a extração vegetal e a celulose, e também os produtos para empresas de beneficiamento e centros de distribuição em todo o território.

3. Modal aquaviário

O modal aquaviário pode ser utilizado mares, rios e lagos para o transporte de mercadorias.

Este modal pode ser subdividido em duas categorias:

Transporte marítimo

O transporte marítimo é realizado através de navios especializados, o que permite a importação e exportação de mercadorias em grandes escala.

Essa opção utiliza as rotas oceânicas para conectar países na logística de transportes.

Este modal é utilizado para todos os tipos de mercadorias, desde lotes, grãos e cargas diversas (fracionadas, pequenos volumes, etc). Isso é possível, pois as mercadorias ficam acondicionadas em contêineres. O que pode afetar este transporte é a lentidão e o risco de naufrágio.

Transporte fluvial

Também chamado de hidrovia, as principais estão localizadas na região norte do Brasil.

As embarcações são preparadas para trafegar em rios e transportar cargas volumosas e pesadas, são transportados neste modal: minério de ferro, areia e madeira, produtos agrícolas como soja, milho e sementes.

Modal aéreo

O transporte aéreo é um dos principais meios de enviar e receber mercadorias. Este modal é o ideal para encurtar prazos de entrega .

Este transporte é realizado por aeronaves comerciais e aeronaves cargueiras, ou seja, aviões exclusivos para transporte de cargas.

Apesar de ser um dos meios mais utilizados para o transporte de mercadorias, ele não atinge todas as localidades e, por isso, não é possível substituir o modal rodoviário.

É frequentemente utilizado para o envio de cargas de alto valor agregado, tais como equipamentos eletrônicos, medicamentos, cargas perigosas em geral e produtos perecíveis, tais como flores e alimentos.

Outro setor que utiliza muito este transporte é a

carga viva, tais como alevinos, e animais de pequeno porte (cachorros, gatos, etc).

O custo já foi elevado, porém, atualmente o custo está bem competitivo entre os demais modais, principalmente quando analisamos o tempo X custo X segurança.

Transporte de Cargas Fracionadas

Toda empresa, precisa de um planejamento logístico para aperfeiçoar seu processo de distribuição e a correta operacionalização da expedição de suas mercadorias, para que seja possível atingir o menor custo possível em suas etapas operacionais.

Isso significa desenvolver uma estratégia logística conhecendo os diversos tipos de modais existentes e serviços oferecidos, a fim de escolher o que melhor se adequa às necessidades do seu negócio, bem como escolher o melhor operador logístico para executar.

O serviço de carga fracionada tem como característica principal a distribuição de pequenas e médias entregas. Pois estas ocupam apenas parte do espaço do  veículo.

Esse tipo de transporte surgiu para atender as necessidades das empresas que não possuem quantidade suficientes de produtos para ocupar a capacidade total de um veículo e também não conseguem arcar com o custo de um frete completo.

A diferença entre carga lotação e carga fracionada está em se o cliente possui, ou não, a quantidade suficiente de mercadorias para preencher completamente o caminhão que fará o transporte.

Funcionamento do transporte de cargas fracionadas

Esse modelo de transporte agrupa várias remessas de materiais em único veículo, ou seja, a carga fracionada reúne produtos de empresas diferentes.

Dessa forma, a coleta é realizada em diferentes pontos por veículos menores, muitas vezes em cidades diferentes e depois direcionados a um centro de distribuição, de onde saem diferentes rotas para várias localidades.

Para isso, as transportadoras se organizam da melhor maneira para poder realizar todas as coletas em tempo hábil e, assim efetuar as entregas em diversas localidades do país dentro dos prazos estabelecidos.

O principal benefício para as empresas é a economia, pois as empresas pagam proporcionalmente pelo espaço utilizado, o que possibilita a redução de custos com logística.

Com o valor bem mais acessível do que uma carga completa, esses gastos se tornam muito menores. Mais um grande benefício deste modal é que não há a necessidade de aguardar preencher um veículo, assim a empresa também ganha com a redução do tempo de parada e o aumento da agilidade no transporte e entrega dos produtos.

Para um operador logístico é fundamental contar com as seguintes características:

  • Armazenagem, para empresas que precisam de espaço para as suas mercadorias, seja por curto ou longo prazo;
  • Centro de distribuição – Que possibilite as ações de cross-docking, picking, packing, etiquetagem, paletização, unitização, inventários entre outros;
  • Gestão de estoque com foco em reduzir custo e
  • Aperfeiçoar os processos, para aumentar a eficiência operacional e melhorar o índice de atendimento ao cliente.

Os operadores logísticos devem oferecer aos seus clientes projetos voltados para otimização da operação logística bem como a obtenção de redução de custos, além de suporte tecnológico com informações precisas de rastreabilidades e controle de suas mercadorias através de sistemas integrados, disponibilizando relatórios gerenciais (analíticos, consolidados, etc).
Ao contratar os serviços de transporte da MXLOG você tem à disposição os principais modais para as suas cargas, bem como um sistema completo em que é possível acompanhar todas as etapas do processo!

logotipo mxlog logistica
FALE COM UM DE NOSSOS ESPECIALISTAS.

Converse com um de nossos consultores e veja como é possível reduzir custos na operação logística da sua empresa.

FALAR COM UM ESPECIALISTA