Gestão financeira: 6 dicas para reduzir custos empresariais

Por MXLOG

gestão financeira

Os custos empresariais podem ser saudáveis e de acordo com o planejamento estratégico da empresa, ou podem ser uma grande dor de cabeça para as empresas que ainda não têm uma boa gestão financeira. Muitas vezes, o que impede a empresa de prosperar não é a falta de organização ou capital, mas sim a má gestão do setor financeiro.

A partir disso, mostra-se muito importante que algumas estratégias sejam adotadas para facilitar esse trabalho. Uma dessas estratégias é a redução de custos. Diminuindo as despesas é possível organizar-se melhor para sair das dívidas ou até mesmo investir em novas tecnologias, estoque e contratações.

Sendo assim, veja neste post tudo o que você precisa saber sobre redução de custos a partir das melhores dicas sobre o assunto. Veja também o passo a passo para implementar cada uma das dicas mencionadas aqui. Acompanhe!

Dicas de redução de custos para empresas

Existem diversas dicas que fazem com que os custos de uma empresa sejam reduzidos, mantendo a qualidade dos serviços e dos produtos ofertados. Veja agora quais são elas e como aplicá-las em sua empresa.

Invista na logística de entregas e frete

Algumas empresas utilizam a entrega própria dos produtos comercializados. Isso até pode dar certo para empresas já estabilizadas, que possuem uma boa frota de veículos e oferecem o serviço de entrega e frete sem que as despesas sejam elevadas a um patamar excedente do que é praticado. 

No entanto, atualmente essa não é a realidade da maior parte das empresas do país. Assim, o investimento em uma empresa terceirizada para fazer esse tipo de serviço se mostra uma excelente alternativa

Transportadoras especializadas contam com motofrete, transporte de cargas, entregas com carro, gestão de correspondências, armazenamento de produtos, entre outros serviços. Tudo isso pode ser contratado a partir de custos mais baixos e equivalentes com a realidade de cada cliente.

Para investir em um sistema de logística como este, você deve:

  • procurar as melhores transportadoras do mercado;
  • identificar os serviços que podem auxiliar a sua empresa;
  • contratar ou terceirizar esses serviços; e
  • diminuir, assim, os custos logísticos da empresa.

Cresça junto com a transformação digital

Atualmente, as empresas que efetivamente têm sucesso no mercado não se utilizam de processos antigos e obsoletos no dia a dia. Esses processos são mais caros e não permitem um bom nível de sustentabilidade para a empresa, pois são mais demorados, produzem resíduos e demandam uma maior quantidade de colaboradores.

Hoje, as planilhas e relatórios feitos com papéis foram substituídos pelo uso de planilhas eletrônicas e relatórios enviados por e-mail ou salvos na nuvem. Assim, se você ainda trabalha com a utilização de processos sem aproveitar os benefícios que a tecnologia tem a oferecer, certamente é hora de mudar isso! Veja como:

  • analise os processos realizados no dia a dia da empresa;
  • veja como a tecnologia pode substituir esse tipo de processo;
  • adquira os equipamentos necessários; e
  • perceba a redução dos custos acontecer naturalmente.

Gestão financeira: negocie as dívidas

A negociação das dívidas existentes é uma boa forma de reduzir custos. Neste caso não são necessariamente custos para o funcionamento do dia a dia da empresa, mas sim valores que vão sendo gerados a partir de juros, taxas, entre outras questões. 

A negociação é um passo importante, que tira o nome da empresa da lista de maus pagadores e recoloca o empreendimento no mercado. Isso permite que, ao final do pagamento, a empresa possa sair do vermelho e começar a lucrar de forma consistente de novo. Para negociar as dívidas, você precisa:

  • avaliar tudo o que está devendo e não consegue pagar;
  • ir até as instituições ou fornecedores e conversar sobre as possibilidades de negociação;
  • parcelar a dívida ou fazer um acordo para pagar um valor menor do que o atual; e
  • pagar o que deve, ficar com o nome limpo e proceder com o crescimento da empresa.

Gestão financeira: tenha um bom planejamento

O planejamento financeiro deve ser sempre uma prioridade para qualquer empresa. É muito importante que ele seja feito por um profissional competente e especializado, no caso de empresas que contratam gestores financeiros. 

Você também pode optar pela contratação dos serviços de um contador particular, pois esse profissional poderá guiar toda gestão financeira da empresa. Além disso, o contador fica responsável pela verificação de pagamento de impostos e outras questões burocráticas. 

Tudo isso contribui para uma redução de custos a longo prazo, já que assim você fica bem menos à mercê de dívidas e ações fiscais. Para fazer um bom planejamento financeiro, você deve:

  • contratar um profissional especializado ou contratar os serviços de um contador terceirizado;
  • analisar todo o projeto de gestão financeira e estratégica da empresa;
  • nomear prioridades e estabelecer previsões realistas; e
  • fazer o que puder para cumprir o planejamento e ver sua empresa crescer.

Conte com a ajuda da sua equipe

A equipe pode ajudar muito quando a questão das reduções de custos vem à tona. Isso acontece, principalmente, quando você contrata funcionários e os valoriza da forma como merecem. Esses funcionários vestem a camisa da empresa e ajudam a reduzir os custos no que puderem, especialmente nos detalhes do dia a dia do negócio.

Além disso, quando você explica para seus colaboradores que uma redução de custos é necessária, eles não querem ser prejudicados com um eventual corte de pessoal. Assim, você consegue um apoio fundamental para reduzir custos e alavancar os lucros do negócio. Veja como fazer isso:

  • converse com seus colaboradores e explique a situação da empresa de modo geral;
  • avalie possibilidades com eles e, especialmente, escute as ideias trazidas pela equipe;
  • comece a aplicar o que foi mencionado na conversa e valorize quando os colaboradores estiverem de fato fazendo mudanças para reduzir os custos; e
  • veja sua empresa prosperar com a ajuda de seus funcionários.

Considerações finais

Com este post você pôde perceber que a redução de custos vai muito além da demissão e da negociação com fornecedores, não é mesmo? Agora que você está munido de boas ideias para reduzir as despesas e aumentar os lucros, faça a sua parte e guie os seus negócios para uma excelente estratégia de gestão financeira.

Confira também o nosso artigo sobre como reduzir custos em tempos de crise!
logotipo mxlog logistica
ELEVE SUAS ENTREGAS AO PRÓXIMO NÍVEL

Confira todas as vantagens que a MXLOG oferece em logística para a sua empresa!

FALAR COM UM ESPECIALISTA