Embalar encomendas: confira dicas para garantir a integridade das suas entregas

Por MXLOG

embalar encomendas

Rapidez e segurança são palavras de ordem na hora de organizar as entregas de produtos, especialmente de grandes demandas, tamanhos e tipos diferenciados, trazendo um desafio a mais para as empresas que precisam contar com este tipo de serviço no dia a dia das suas atividades. 

Como a proposta da MXLOG é oferecer um serviço rápido, simples, de qualidade e customizável, que se adapta a qualquer necessidade, decidimos preparar este post indicando as melhores práticas para embalar encomendas, evitar avarias, escolher o tipo ideal de embalagem, e preparar as entregas por motoboy ou por carro, entre outros temas relacionados ao assunto. Boa leitura!

Planejamento inicial

O primeiro ponto a considerar para garantir a integridade das suas entregas é a realização de um bom planejamento iniciando pelo detalhamento dos produtos. Para isso, observe as características que devem ser levadas em conta:

  • fragilidade: produtos de vidro, cerâmica, material plástico, eletrônicos, tecidos que amassam com facilidade, e outras possibilidades; 
  • peso: tenha um registro do peso dos seus produtos, principalmente os mais pesados. Geralmente, os comércios de venda de embalagens indicam não somente as dimensões, mas também o peso recomendado para cada tipo de embalagem;
  • quantificação: esta característica vale para os produtos que possuem no mínimo duas peças na sua composição, especialmente quando são feitas de materiais diferentes. Neste caso, é importante pensar os cuidados necessários para cada parte;
  • dimensões: quais são os de menores e maiores dimensões. Quando um produto possui mais de uma peça, considere o volume total que ocupará na embalagem. Muitas vezes é possível otimizar o tamanho, mudando as posições para chegar no menor volume possível, desde que não haja maiores complicações e não atrapalhe a experiência de compra do cliente;
  • potencialmente cortantes ou deformáveis: por exemplo, objetos pontiagudos que podem provocar acidentes, ou líquidos que podem trazer deformidades aos próprios componentes;
  • transportabilidade: é importante checar se o meio a ser utilizado para transporte aceita o tipo de mercadoria que a sua empresa deseja despachar. Algumas empresas não transportam produtos inflamáveis, bebidas alcoólicas, perfumes, dentre outros.

Por mais confiáveis que sejam os meios de entrega dos seus produtos, ninguém melhor do que as pessoas da sua equipe para saber os cuidados necessários em cada um deles. Daí a importância de no momento da classificação observar bem e fazer as anotações pertinentes para evitar danos desnecessários. 

Os itens destacados acima, são informações básicas. Caso seja necessário, destaque outros pontos. Se possível, organize tudo de maneira informatizada para garantir a agilidade no acesso às informações.

Experiência de compra

Este é um item relevante a ser considerado na hora de embalar as encomendas. A experiência de compra está relacionada a como o cliente percebe sua vivência no processo de compra desde o momento da escolha, passando pela decisão, compra e finalmente recebendo o produto. Cada processo é uma interação potencialmente impactante, positiva ou negativamente.

Por outro lado, para a empresa que vende, cuida do atendimento, da rapidez na solução das dúvidas e promete um produto de excelente qualidade, é importante considerar a forma que a encomenda chegará nas mãos de cada pessoa. Por mais que o processo de venda seja automatizado, cada pessoa que recebe o produto é única e ninguém quer receber uma mercadoria toda quebrada. Ou seja, como diz o ditado, “todo cuidado é pouco”!

Itens para embalar encomendas

Os itens mais utilizados para embalagens são:

  • caixa (de papelão, de metal, de madeira);
  • envelopes (plástico, de papel, revestido com plástico bolha, etc.);
  • papel (seda, jornal, craft, etc.);
  • plástico bolha;
  • isopor;
  • fita adesiva larga (marrom ou transparente).

Lembra que nosso primeiro ponto de consideração é o detalhamento dos produtos? As informações vão refletir neste momento da escolha dos itens, pois, dependendo da fragilidade, por exemplo, pode ser mais interessante usar uma caixa de papelão ao invés de um envelope. Para determinado produto, pode ser que o envelope revestido com plástico bolha seja mais eficiente e econômico.

Neste ponto é importante testar as possibilidades até que o setor responsável tenha certeza de que a integridade da peça estará em condições de ser preservada durante o transporte. Priorize também o uso de itens mais sustentáveis. A natureza agradece!

Cuidados para embalar

Para testar diferentes possibilidades é importante ter em mente alguns detalhes, são eles:

  • informações dos serviços de entrega: na hora de pesquisar qual empresa oferece os serviços mais adequados para o seu empreendimento, verifique as condições disponíveis (carro, moto, etc.) e as especificações (dimensões, peso, etc.), para saber de antemão se irão atender às suas necessidades;
  • adequação ao tipo de entrega: também relacionado ao item anterior, na hora de embalar as encomendas é necessário considerar se elas estão adequadas às formas de entregas escolhidas por sua empresa. Lembre-se que as dimensões e tipos de impacto de uma moto, são diferentes das dimensões e impactos de um carro. Logo, a proteção do objeto deve prever isso também;
  • evite o espaço entre o produto e a embalagem: é fundamental que o produto fique estável no interior da embalagem. Para isso, basta “rechear” os espaços entre o produto e a embalagem com papel, isopor, plástico bolha, entre outros;
  • proteção extra para os potencialmente cortantes ou deformáveis: utilize opções herméticas para produtos que contenham líquido. Claro que o esperado é que não haja vazamento, para não impactar negativamente a experiência de compra do cliente, porém este é um cuidado necessário. Já para os produtos cortantes, cuide para que as partes recebam as proteções necessárias com os mesmos elementos citados no item anterior;
  • fita adesiva larga: caixas e envelopes devem ser lacrados com fita adesiva larga, tanto para manter o fechamento de forma segura quanto para evitar a violação das embalagens;
  • documentos fiscais: as notas fiscais são exigidas pelas empresas de transporte que levarão os produtos e todas as informações devem estar inseridas corretamente. Além do destinatário com endereço completo, informações sobre a transportadora e volume também são necessárias. Outro documento é a declaração de conteúdo que está disponível para baixar gratuitamente no site dos correios.

Embalar encomendas: considerações finais

Esperamos que as informações trazidas neste post possam facilitar o processo de embalar encomendas na sua empresa. Conte com nossos serviços de entrega e bons negócios!

logotipo mxlog logistica
FALE COM UM DE NOSSOS ESPECIALISTAS.

Converse com um de nossos consultores e veja como é possível reduzir custos na operação logística da sua empresa.

FALAR COM UM ESPECIALISTA