Como fazer o controle de estoque eficiente?

Por MXLOG

controle-de-estoque

Quando uma empresa trabalha com um rigoroso controle de estoque, ela já está dando um passo a mais rumo ao sucesso. No entanto, mesmo sendo uma prática necessária, muitas organizações ignoram a sua importância ou, simplesmente, não procuram conhecer os princípios básicos de realizar uma boa administração.

Não dar a devida atenção para essa área pode ser um erro bastante grave. E pode, até mesmo, chegar ao ponto de comprometer toda a estrutura do negócio. Isso porque fazer a análise do setor de armazenagem é um dos pilares que promove o sustento para os resultados positivos.

Porém, nem sempre é simples entender o que é de fato um bom controle de estoque, não é verdade? É exatamente sobre esse tema que o nosso artigo irá falar. 

Se você quer aprender como fazer essa análise de uma forma eficiente, Continue acompanhando e tenha uma boa leitura!

O que é controle de estoque?

Para quem não sabe, o controle de estoque é o monitoramento e a análise dos materiais de uma instituição. Assim, a organização garante o bom funcionamento das suas operações.

Ter uma boa gestão de entrada e saída de produto dá a oportunidade da empresa prever suas necessidades de compras, ter uma redução de perdas por roubo ou, ainda, ter mercadorias vencidas. Além disso, com esse controle também é possível ter maior poder de negociação.

Em síntese, o controle de estoque é registrar e ter o acesso às informações de tudo o que entra e do que sai do estoque da empresa. Com certeza, dá trabalho. Porém, ter todo esse controle em ordem vale muito a pena.

Os benefícios de ter um controle de estoque totalmente organizado e eficiente são:

  • Otimizar os seus investimentos com o estoque;
  • Estimar melhor as vendas;
  • Ter a possibilidade de projetar com antecedência os pedidos dos fornecedores;
  • Aperfeiçoar o planejamento da produção;
  • Ver quais os produtos tem maior e menor saída;
  • Criar ofertas;
  • Precificar as mercadorias corretamente.

Importância de ter um bom controle de estoque

Existem muitos gestores que deixam o controle de estoque para segundo plano. Nesses casos, normalmente, o negócio é de pequeno porte e os empresários acham que fazer essa análise não é tão importante assim.

Se você tem uma empresa pequena, saiba que ter o controle de estoque vai reduzir, e muito, os prejuízos que afetem negativamente a saúde financeira do negócio. Além de dar ampla visão sobre tudo o que está armazenado, assim é possível melhorar o seu poder de negociação junto aos fornecedores.

Outro ponto importante, seja para empresas pequenas, médias ou grandes, é ter a consciência de tudo o que está em estoque. Dessa forma, é possível criar promoções para o seu cliente final daqueles produtos que tem um menor giro. Essa é uma forma eficiente de não deixar mercadoria parada.

Ter o controle de estoque evita também que a sua mercadoria ultrapasse a data de validade, o que pode acarretar multas para você caso venda algo que não é mais consumível.

Ter boas estratégias para itens que estão armazenados é algo eficiente. Uma maneira inteligente de fazer o seu negócio crescer com qualidade.

Como realizar o controle de estoque?

Para fazer um controle de estoque eficiente é preciso:

1 – Faça um inventário

Esse é um procedimento obrigatório e que é necessário ter uma atualização constante. Faça uma lista com todos os produtos que estão em estoque e a quantidade certa de cada um. Caso a sua mercadoria tenha data de validade, mantenha na planilha também.

No momento em que as entradas e saídas forem acontecendo, revise e atualize esse inventário. Você vai perceber que essa atividade vai prevenir muitas falhas em seus processos internos.

2 – Use um software para fazer o controle de estoque

A tecnologia tem que ser sua parceira. Ela vai te auxiliar a atualizar corretamente o seu inventário. Portanto, use um software específico para fazer o seu inventário e facilitar o seu controle de estoque.

3 – Treine os seus colaboradores

Não adianta somente o gestor saber como fazer um controle de estoque eficaz. A equipe precisa ser treinada corretamente. Por isso, capacite todos os seus colaboradores para fazer o controle de estoque de forma ágil e eficiente. Caso exista a utilização de um sistema, treine todos os responsáveis para que todos saibam manusear.

4 – Saiba quais são os tipos de controle existentes

O processo de controle de estoque deve ser dividido de acordo com a sua periodicidade. A classificação pode ser:

  • Permanente: quando o acompanhamento é realizado em tempo real, prevendo a sua reposição sempre que o limite mínimo de produto é atingido;
  • Temporário ou periódico: esse é usado para sustentar o balanço patrimonial de uma empresa, sendo o principal objetivo evitar a falta de produtos.

Para mensurar os resultados, o controle de estoque pode ser dividido entre o físico e valor monetário. O primeiro vai acompanhar a quantidade de mercadoria estocada e o segundo vai calcular o investimento de custo em cada produto.

Pode-se dizer que existem três possibilidades de fazer o controle de estoque:

  • Mínimo: seu intuito é evitar prejuízos no giro de mercadoria e não deixar que falte produto armazenado;
  • Renovação periódica: possui um estoque com a quantidade mínima para que a reposição seja feita sempre que necessário;
  • Fim específico: quando existe a necessidade de acabar com o estoque de um determinado produto, seja por promoção ou um evento temporário.

5 – Otimize seu estoque

Lembre-se, a quantidade de produtos em seu estoque deve ser equilibrada. Ou seja, não ter faltas ou excessos. O controle correto do estoque permite que você tenha esse conhecimento, assim, otimize o seu trabalho e evite que o seu setor de armazenamento seja ineficiente.

6 – Estabeleça uma margem de perdas ou danos

Por mais redondo e correto que seja feito o controle de estoque, em algum momento pode acontecer a perda ou dano de uma mercadoria. Portanto, estabeleça uma margem para caso ocorra essas eventualidades.

Além de todos esses passos, é preciso calcular os custos de armazenamento dos seus produtos, fazer a promoção das mercadorias paradas e separar os itens que estão com defeito para não prejudicar o processo de entrega.

Em resumo, para ter um controle de estoque eficiente você deve:

  • Ter padrões e regras de organização do seu estoque;
  • Definir os processos e responsabilidades;
  • Desenhar todo o fluxo de entrada e saída;
  • Fazer o controle com rigidez;
  • Definir as datas para compras;
  • Definir o volume mínimo e máximo para estocar cada produto.

Viu como é simples fazer o controle de estoque? Compartilhe com a gente outras ideias aqui nos comentários!

logotipo mxlog logistica
FALE COM UM DE NOSSOS ESPECIALISTAS.

Converse com um de nossos consultores e veja como é possível reduzir custos na operação logística da sua empresa.

FALAR COM UM ESPECIALISTA