Condomínios logísticos: o que são e o porque você precisa saber

Por MXLOG

condomínios logísticos

Como uma excelente opção dentro do processo de logística organizacional, considerando o armazenamento e a distribuição de produtos, os condomínios logísticos têm se tornado uma tendência válida e economicamente viável para várias organizações.

Como as vendas online aumentaram por causa da pandemia, esses condomínios são ainda mais relevantes, pois as organizações possuem uma demanda maior de mercadorias a entregar.  Descubra mais sobre eles a seguir e confira como esses condomínios podem beneficiar o seu negócio. 

O que são condomínios logísticos ?

Surgiram em 1990 no Brasil, mas ficaram mais populares a partir de 2005. A sua grande maioria se concentra na região sudeste do país. São diretamente ligados ao PIB e ao mercado consumidor e compostos por empresas varejistas, produtoras de eletrônicos e de artigos de higiene e beleza.  

Podem ser utilizados por negócios de todos os portes. São úteis para a armazenagem e movimentação das mercadorias recebidas ou que aguardam para serem distribuídas.

Em muitos casos, os condomínios logísticos podem aprimorar a qualidade dos processos e aumentar a produção dos produtos, trazendo lucro. Eles são compostos por várias empresas que se unem em determinada localidade e formam um distrito industrial. Em conjunto, compartilham uma infraestrutura benéfica a todos.

Com a pandemia, torna-se ainda mais crucial a entrega de mercadorias em tempo ágil, pois o frete não pode ser algo que desanime o cliente. Atualmente, a entrega também tem sido um diferencial competitivo, tornando-se relevante para lidar com a ocorrência. Nesse sentido, esse sistema logístico pode ser a solução que você estava aguardando.

Principais modelos de condomínios logísticos

Os modelos encontrados mais populares são os: 

  • Condomínios modulares: são fabricados para aluguel e negociados de forma flexibilizada. Eles permitem a expansão e possibilitam customizar de acordo com a necessidade;
  • Galpões em loteamento: quando são disponibilizados, geralmente a área possui uma maior infraestrutura local e é cercada por outros estabelecimentos. Nesse cenário, a fabricação do galpão fica sob a responsabilidade da sua empresa e a produção é feita de acordo com os seus parâmetros;
  • Condomínios não modulares: estes são parecidos com os modulares, mas eles têm o modo de aluguel built to suit, que é basicamente quando o imóvel é construído ou passa por uma grande reforma a pedido do locatário antes da locação. São muito usados por médios e grandes negócios com contratos a longo prazo.

Como escolher um galpão logístico ideal para a sua empresa?  

O denominado galpão é a estrutura onde sua empresa atuará. Existem alguns fatores a considerar na escolha de um. Antes de fechar negócio, tenha atenção a estas dicas:

  • Opte por um galpão compatível com a necessidade exata da sua empresa, para que não sobre nem falte espaço. Analise as suas entradas e saídas de forma cautelosa. Caso tenha algum vínculo com alguma outra empresa, você pode considerar dividir espaço com ela;
  • Colha o máximo de informações antes. Pesquise sobre a qualidade das edificações, confira as empresas vizinhas e considere cenários em longo prazo; 
  • Leve em consideração o aspecto financeiro e o retorno desse capital, considere o que você conseguirá economizar com a escolha da localização e análise a médio e longo prazo.

Estude com atenção antes de escolher o ideal. Assim como várias outras decisões tomadas em sua organização, a escolha do condomínio logístico pode significar o fracasso ou sucesso dela. 

Formas de utilização dos galpões 

As quatro formas mais comuns de se utilizar um galpão logístico são: 

  • Uso como armazéns: grandes atacadistas preferem este modelo por causa da possibilidade de manter estoque. As mercadorias recebidas e que serão entregues ficam armazenadas aqui;
  • Uso na modalidade Cross-docking: nesse modelo, os produtos são encaminhados para centros de distribuição ou armazéns, portanto, o galpão pode ser utilizado como um intermediário do transporte e as transportadoras podem se beneficiar desse modelo, porque ele é planejado para a movimentação das mercadorias. Desta forma, os produtos não ficam parados no estoque; 
  • Modalidade Industrial: normalmente é mais usado pelas indústrias manufatureiras, pois armazenam matérias-primas e produtos de processos de fabricação;
  • Uso misto: é o preferido das grandes redes. Permite usos variados das suas dependências, de acordo com a necessidade atual, oferecendo uma maior liberdade. Geralmente é utilizado como centro de distribuição e oferece mais espaço.

Vantagens dos condomínios logísticos

Reunir essas várias empresas em uma localização exclusiva facilita: 

  • O recebimento de matéria-prima (pois a sua proximidade facilita e otimiza a entrega dos fornecedores);
  • A distribuição do próprio produto (uma vez que as empresas ficam todas próximas, as transportadoras podem gerir a entrega das mercadorias de forma otimizada);
  • Na redução de custos com manutenção das áreas externas e com serviços de monitoramento (pois os gastos serão rastreados entres demais as organizações vizinhas);
  • Na segurança para a sua mercadoria e seus funcionários (pois reunida em um só local com outras empresas fica bem mais fácil garantir a segurança de todos em uma área mais movimentada e monitorada 24 horas por dia);
  • A se tornar uma referência na região onde fica situada (ser integrante de um condomínio logístico pode ser uma forma de marketing, pois estar próxima a uma empresa conhecida e bem vista vai chamar atenção dos clientes e das outras organizações);

  • A amizade com vizinhos. Conhecer outros empresários e colaboradores pode ser útil. Que tal aproveitar para expandir a sua network? Isso pode te ajudar na localização de novos fornecedores e até mesmo te socorrer na hora que precisar de um espaço a mais durante o recebimento de alguma mercadoria.                                                                                                                       

É possível trocar know-how, fazer parcerias e até mesmo enxergar uma oportunidade nova, como fusão com algumas delas. 

Independente da escolha, esses condomínios logísticos têm tendência a se expandirem na medida que a demanda aumenta. A busca por eles ocorre por empresas estabelecidas que já trabalham com a modalidade ou empresas novas, que desejam usufruir dos benefícios.

A demanda tem aumentado por beneficiar empresários, funcionários, fornecedores e clientes. Por isso tem se tornado uma tendência mundial. 

Você já conhecia os condomínios logísticos ou sua empresa já fez parte de um? Deixe o seu comentário abaixo sobre a sua experiência com eles

Confira também este artigo sobre as tendências logísticas de 2021