Como calcular o frete das transportadoras?

Por MXLOG

como calcular o frete das transportadoras

Você sabe como calcular o frete das transportadoras? Tem, mais ou menos, uma noção de como essa conta é realizada? Essa deve ser uma das principais dúvidas dos consumidores na hora de comprar algo que chegará a sua casa. Afinal, pelo que exatamente você está pagando?

O cálculo de frete em transportadoras inclui diversas variáveis. O objetivo é cobrir os custos operacionais e, ainda, ter lucro. A complexidade para dar um preço final ao frete também gera confusão em muitos gestores. Afinal, não aprovam a compra com medo de a cobrança estar errada.

Por isso, para você entender melhor como calcular o frete de uma mercadoria, preparamos este post. Vamos te mostrar todas as variáveis inclusas nessa conta. Então, continue acompanhando e boa leitura!

Conheça os tipos de frete

Existem alguns tipos de frete no mercado que envolvem a sua forma de contratação, responsabilidades sobre o pagamento e como a carga será transportada. Antes de saber como calcular o frete, é importante você saber quais são os tipos existentes.

1 – Sobre a contratação do frete

  • Direto ou normal: esse tipo de frete é quando a carga é coletada direto no remetente e levada para o destinatário. Esse tipo de operação não envolve nenhum outro tipo de transportadora, sendo o serviço mais oferecido no mercado;
  • Subcontratação: nesse caso, no qual o consumidor comprou um produto, não se utiliza os meios próprios para realizar a entrega e é contratada uma transportadora;
  • Redespacho: é parecido com a subcontratação, mas nesse caso outra transportadora entra no trajeto. Ou seja, a transportadora A recolhe a mercadoria, entrega para a B e esta conclui a entrega.

2 – Sobre as responsabilidades

  • Frete CIF: essa é a sigla que define Custos, Seguro e Frete, e nessa modalidade a responsabilidade sobre o pagamento do valor, gerenciamento de riscos e seguro das cargas é paga pelo remetente. Ou seja, os custos de transporte já estão embutidos no boleto;
  • Frete FOB: esse é o Livre a Bordo, o pagamento é realizado no ato da entrega, sendo o destinatário o responsável por cuidar de toda a operação de entrega.

3 – Sobre o tipo de carga

  • Carga fechada: essas são as cargas que ocupam todo ou a maior parte de um caminhão. Portanto, é caracterizada como um transporte dedicado, ou seja, ela sai do remetente e vai direto para o destinatário, sem nenhum tipo de escala;
  • Carga fracionada: essas são cargas no qual um carro sai com diversos pedidos, com vários pontos de distribuição de entrega.

Variáveis que são consideradas ao calcular um frete

Agora que você já conhece os tipos de entrega, deve saber quais as variáveis estão inclusas para então entender como calcular o frete. Esses fatores podem variar de empresa para empresa. Porém, vamos te apresentar os principais:

1 – Frete peso

Esse é o mais complexo. Ele é definido com a relação entre o peso bruto e o cubado em itens. Nesse caso, o maior entre eles determina o preço da cobrança.

2 – Frete valor

O frete valor é cobrado de acordo com o preço apresentado na Nota Fiscal da mercadoria. No caso de itens mais caros, os cuidados são mais específicos, pois existe o gerenciamento de risco.

3 – Distância percorrida

A distância e o valor cobrado são duas variáveis proporcionais. Ou seja, quanto maior for o percurso, maior será o frete da entrega. A maior parte desse cálculo tem como base o valor do combustível.

4 – Características do destinatário

Quando o endereço de entrega tem algum tipo de empecilho como, por exemplo, área de risco, isso pode influenciar no valor cobrado no frete. Existem taxas extras que são adicionadas ao preço devido à alta complexidade de entrega.

5 – Modal de transporte

A maioria das entregas é realizada via malha rodoviária. Porém, algumas exceções pedem outros tipos de modal de transporte. As particularidades também influenciam no valor do frete.

6 – Taxas específicas

Além dos itens citados acima, ainda existem algumas taxas que são inclusas e que podem ou não ser cobradas pelas transportadoras. São elas:

  • Taxa de coleta e entrega;
  • Taxa de restrição de trânsito;
  • Taxa de dificuldade de entrega (para locais de difícil acesso);
  • Taxa de reentrega (quando o cliente está ausente);
  • Frete mínimo (quando há um peso mínimo definido).

7 – Tributos de pedágio

Há fretes que estão inclusos os valores de pedágio. Normalmente, já são calculados automaticamente. Isso é feito de acordo com a rota.

O que é cubagem e como ela interfere no frete?

Para quem não sabe, a cubagem é a relação entre o peso que a carga possui e o espaço que ela ocupa no veículo. Portanto, é uma constante por metro cúbico. Por exemplo, no modal rodoviário, 1 metro cúbico se refere a 300 kg. Para se chegar ao peso cubado, é importante calcular as dimensões da embalagem (altura, largura e comprimento).

Para saber qual o peso cubado da carga é necessário fazer a seguinte fórmula:

Comprimento x largura x altura x fator de cubagem.

Portanto, o peso da carga influencia diretamente no valor do frete. Então, antes de entregar a mercadoria, ela é pesada para chegar ao valor final do frete.

Como é feito o cálculo de frete pelas transportadoras?

Para chegar ao valor exato do frete, as transportadoras utilizam diversas informações. Isso porque existem vários fatores que influenciam no preço final. Além disso, é preciso saber qual o meio de transporte será utilizado para realizar a entrega.

Fazer essas contas manualmente é traçar um caminho rumo ao erro. Um trajeto quase que sem volta. Afinal, a complexidade é alta. Portanto, contar com um software de logística é a melhor solução para calcular exatamente o valor do frete.

Além da eficiência em calcular o valor corretamente, toda a gestão será feita com agilidade e precisão.

Viu como calcular o frete de uma carga? São vários tipos de taxas que são inclusas e, por isso, a conta é bastante complexa. Dessa maneira, aliar a tecnologia para fazer uma melhor gestão e chegar ao valor exato do frete é a melhor opção.

logotipo mxlog logistica
ELEVE SUAS ENTREGAS AO PRÓXIMO NÍVEL

Conheça os serviços de armazenamento, gestão logística e entregas da MXLOG para lojas virtuais.

Saiba Mais