5 conceitos de logística essenciais para a sua empresa

Por MXLOG

Se você acompanha o blog da MXLOG há algum tempo, já sabe que logística é muito mais do que o setor de uma empresa.

Isso porque, ela está presente em diversos processos. Desde os mais complexos, dentro de empresas e indústrias, até situações cotidianas de um cidadão comum.

Afinal, como seria possível receber mercadorias em casa, fazer compras no supermercado, adquirir roupas ou equipamentos eletrônicos, sem uma pitada de logística?

Devido à sua importância, conhecer os principais conceitos que permeiam essa área é quase uma obrigação para quem está no meio empresarial.

Sendo assim, confira a seguir 5 conceitos de logística essenciais para sua empresa, que precisam estar sempre presentes.

Conceito de Logística

O primeiro e, talvez mais importante deles, é o conceito de logística.

Trata-se de um conjunto de técnicas, métodos e meios que possibilitam a entrega dos produtos certos, no local adequado e dentro de um intervalo de tempo previamente definido.

Em resumo, para que as demandas sejam atendidas, dentro do tempo determinado e com menor custo possível, a logística requer o gerenciamento dos produtos do ponto de fornecimento até o ponto de consumo.

Desse modo, para que tudo aconteça de forma cronometrada, o conceito de logística envolve conhecimentos em diversas áreas. Por exemplo: gestão, economia, marketing, estatística, engenharia, tecnologia e recursos humanos.

Não é à toa que muitas atividades estão relacionadas aos processos logísticos. Entre elas, previsão de demanda, gestão de estoques, transporte, armazenagem, redes de distribuição, entre outras.

Modais de Transporte

Os modais nada mais são do que os meios utilizados para realizar o transporte de cargas.

No Brasil, existem cinco tipos principais com essa finalidade e sua escolha está relacionada a diversos aspectos, como produto a ser transportado, valor do frete, distância percorrida, tempo de entrega, entre outros.

Confira a seguir mais informações sobre cada um deles, bem como sua participação no mercado brasileiro, segundo dados da publicação Transporte em Números 2019, da Confederação Nacional do Transporte – CNT.

Rodoviário

É o modal mais conhecido e utilizado no Brasil. Cerca de 60% de todos os transportes logísticos são realizados por meio dele.

Além dos caminhões, esse tipo de modal engloba também carros, utilitários e motos.

Apesar das condições das rodovias brasileiras, este é o meio mais indicado para realizar entregas rápidas, de produtos perecíveis e em lugares de difícil acesso por outros tipos de transporte.

Ferroviário

Apesar de ter rotas fixas, o que torna esse modal pouco flexível, o Ferroviário está em segundo lugar, com cerca de 20% de participação no transporte de produtos brasileiros.

É uma excelente opção para cargas grandes e pesadas, como minério, grãos e produtos para empresas de beneficiamento.

Além do trajeto fixo, outra desvantagem é a falta de investimento e expansão da malha ferroviária. Com isso, muitas vezes, o transporte dos produtos precisa ser complementado por outro meio, geralmente o rodoviário.

Aéreo

Como o próprio nome sugere, é o transporte que acontece por vias aquáticas.

Apesar de transportar grandes volumes e levar mercadorias de um continente a outro, não é recomendado para quem procura agilidade. Além disso, o valor do seguro costuma ser alto.

No Brasil, ele representa apenas 13% dos produtos transportados.

Aquaviário

Profissionais treinados correm menos riscos de acidentes nos deslocamentos, garantindo entregas mais seguras.

Além disso, um motoboy fixo estabelece uma relação de confiança entre a empresa e seus clientes.

Dutoviário

Talvez o menos conhecido entre os modais, o dutoviário possibilita o transporte de produtos por meio de tubos ou dutos subterrâneos ou submarinos.

Assim como o aéreo, está entre os meios menos utilizados, com cerca de 4% de participação no transporte de produtos.

Isso porque, entre os limitadores desse modal estão o alto custo de implantação, a exigência de licenças ambientais e o tipo de produto transportado (apenas líquidos, gasosos ou sólidos granulares são permitidos).

Logística Reversa

Enquanto a logística comum objetiva entregar os produtos de forma ágil e com baixo custo, a logística reversa ou inversa faz o caminho contrário.

Ela é responsável por planejar, operar e controlar o recolhimento dos produtos entregues ou que serão descartados pelo consumidor final.

Por exemplo, produtos que necessitam de troca ou alguns tipos de lixos recicláveis, como embalagens de medicamentos ou garrafas de cerveja e refrigerante.

Além de reduzir o impacto ambiental, a logística reversa implantada adequadamente pode gerar economia para as empresas, por meio do reaproveitamento de materiais.

Logística Integrada

Corresponde à integração de todos os processos da cadeia logística.

Ou seja, da matéria-prima ao produto final, nas mãos do consumidor, tudo é integrado por meio de sistemas que conversam entre si.

O objetivo da logística integrada é aumentar a eficiência dos processos e melhorar os resultados da empresa, o que exige gestão, conhecimento, tecnologia e atenção especial em todas as etapas.

Afinal, mercado e consumidores exigentes pedem processos mais ágeis, simplificados, com menos falhas e mais agilidade.

Logística 4.0

Inspirada na chamada quarta Revolução Industrial ou Indústria 4.0, esse conceito de logística consiste na utilização de tecnologias avançadas em todos os processos.

Isso porque, a produção, até então realizada em larga escala, passa a ser focada na necessidade do cliente.

Sem estoques repletos de produtos, o consumo de matéria-prima, os processos de produção, armazenagem e transporte precisam se adequar à nova realidade.

Tudo isso só é possível por meio de muita tecnologia, capaz de aumentar a produtividade, reduzir custos e consolidar uma base de dados valiosa para a tomada de decisões.

Algumas das tecnologias utilizadas na logística 4.0 são big date, machine learning, inteligência artificial, IoT (internet das coisas), realidade aumentada, entre outras.

Você já conhecia os 5 conceitos logísticos apresentados neste artigo? Quer saber mais sobre o assunto? Acompanhe nosso trabalho também nas redes sociais: Instagram, Facebook e LinkedIn.

FALE COM UM DE NOSSOS CONSULTORES

Converse com um de nossos consultores e conheça os serviços que disponibilizamos para você e sua empresa.

FALAR COM UM DE NOSSOS CONSULTORES